Tratamento calvície masculina: em quanto tempo é possível acabar com problema?

Quando você começa um tratamento para calvície masculina, é normal que fique ansioso. Será que vai proporcionar resultado? Escolhi o tratamento certo? Finalmente conseguirei disfarçar a alopecia?

A chave para o sucesso de um tratamento é a paciência. Afinal, de nada adianta fazer um procedimento hoje esperando que amanhã já vai colher resultados. Quando falamos de cabelos, isso não existe.

Mas é muito mais fácil manter-se calmo quando você tem um “prazo”, correto? Assim, você pode acompanhar o êxito do seu tratamento. Neste post, vamos descobrir em quanto tempo é possível acabar com o problema da alopecia. Confira:

Quando a calvície começa a aparecer?

Depende da causa da alopecia. A androgenética, por exemplo, pode começar a surgir na adolescência, deixando o indivíduo quase careca aos 25 anos. Já a traumática depende da ação que vai provocá-la, portanto não está necessariamente ligada a uma fase da vida.

A calvície tem cura?

Não. Não é possível fazer um tratamento e largá-lo poucos dias depois achando que já obteve resultados. Os procedimentos para combater a calvície são contínuos.

Mas não se preocupe: embora não tenha cura, a calvície tem controle e pode até ser revertida. Isso, é claro, dependendo do seu tipo de alopecia. A cicatricial, por exemplo, destrói os folículos capilares, anulando a reversão. Já a areata apenas os “desativa” temporariamente, portanto os fios voltam a crescer.

Quando tempo o tratamento para calvície masculina demora para dar resultados?

Pelo menos dois meses. Isso porque todos os tratamentos para calvície masculina visam ao crescimento de novos fios, e não o disfarce das falhas.

O fio de cabelo cresce, aproximadamente, um centímetro por mês. Para que você tenha uma percepção mais clara do nascimento e crescimento de novos fios, é necessário esperar um tempo considerável para que os fios comecem a se desenvolver.

A demora em começar o tratamento para calvície masculina interfere no resultado?

Sim. Quanto mais rápido você começar, mais fios estarão no seu couro cabeludo. Reverter pequenas falhas é muito mais fácil do que uma grande área com rarefação, por exemplo.

Além disso, como dito, o tipo de alopecia interfere ainda mais. Se a sua é do tipo que destrói o folículo capilar, aí mesmo que você deverá procurar um tratamento com rapidez.

Além disso, de início, você pode controlar e reverter apenas com medicamentos ou substâncias de uso tópico. Para o transplante capilar FUE, então, é necessário que haja uma boa área doadora para não deixar nenhuma falha no couro cabeludo.

Como visto, para saber se seu tratamento está dando resultados, é preciso esperar que os fios cresçam. Mas se você deseja investir em um procedimento seguro, bonito e altamente eficaz, escolha o transplante capilar.

Sem a necessidade de cicatrizes lineares, o transplante utiliza fios do próprio paciente para um resultado natural. Além disso, é minimamente invasivo, o que possibilita você a voltar para suas atividades instantaneamente.

Você ainda tem dúvidas sobre o assunto? Para resolvê-las, confira o guia completo e gratuito sobre transplante capilar que a Favano preparou para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *