Tipos de cabelo masculino: conheça e saiba como cuidar

Liso, cacheado, longo, curto, loiro, ruivo, enfim. São muitos os tipos de cabelo masculino. A maneira de cuidar de cada um deles também pode se diferenciar. A verdade é que em tempos como hoje, o cuidado com a aparência é uma preocupação latente no universo masculino. Por isso, a procura pelo produto perfeito é cada vez maior. Mas você sabe exatamente qual é o seu tipo de cabelo e a melhor forma de cuidar dele? Leia até o final e descubra.   

Conheça os variados tipos de cabelo masculino

Engana-se quem acredita que cabelo de homem é tudo igual. Assim como as mulheres, o público masculino também é diverso, com características únicas e cuidados específicos. Para saber cuidar bem das madeixas, portanto, é imprescindível saber o tipo certo do cabelo. Confira alguns:

Crespo

O cabelo crespo tem a textura mais grossa, os cachos não são definidos e possuem uma aparência mais opaca. 

Cacheado

Como o próprio nome sugere, o cabelo cacheado masculino é composto por cachos mais bem definidos. Tende a ser mais ressecado e com frizz.

Ondulado

Trata-se de um fio não muito definido. Ele não é liso e nem cacheado. É como se ficasse no meio termo. 

Liso

Os fios são mais finos e alinhados. Tem uma aparência de mais hidratado, mas também pode apresentar um aspecto de oleosidade.

Como cuidar dos tipos de cabelo masculino

Hoje, a maioria dos homens se preocupa, e muito, com a aparência. Para se ter uma ideia, eles já representam 30% dos consumidores do mercado da beleza, segundo pesquisa da Associação Brasileira de Clínicas e Spas.

Por isso, é natural que eles tenham interesse em saber como cuidar bem das suas madeixas. Mas é preciso ficar atento porque assim como existem variados tipos de cabelo, também há uma infinidade de opções de produtos. Assim, antes de aplicar qualquer formulação, certifique-se de que ela é indicada para o seu tipo de cabelo. Veja como:

Cabelos crespos carecem de hidratação regular e produtos específicos para manter uma aparência saudável. Ainda assim, não é necessário lavar todos os dias, já que eles demoram mais para secar. Além disso, mais do que só shampoo e condicionador, apostar em cremes pode ser interessante.   

O cuidado pode ser muito semelhante para os cabelos cacheados. Vale pensar em produtos de finalização, que garantem uma boa definição dos cachos.

A indicação para os cabelos ondulados é usar produtos intermediários, que hidratam, mas sem provocar oleosidade na raiz. Uma premissa que também deve ser seguida por quem tem os cabelos lisos. Afinal, eles tendem a ser mais finos e oleosos.

O que fazer em caso de queda de cabelo

Independente do tipo de cabelo, a queda das madeixas pode acontecer com qualquer pessoa. Isso porque, os motivos são os mais variados, como fatores genéticos, hormonais, hábitos de saúde, estresse, entre outros.

Segundo orientações de especialistas, ao identificar uma queda anormal de cabelos, o ideal é procurar um médico para investigar as causas do problema e possíveis tratamentos. 

O importante é que o paciente tenha consciência de que para cada caso há uma indicação específica. Ou seja, se o seu problema for hormonal, o especialista vai indicar medicamentos que supram exatamente a deficiência que você apresenta. 

Agora, se o problema for genético, quando os fios passam pelo processo de miniaturização, ainda assim tem solução. Na maioria dos casos, é indicado ao paciente tomar determinadas formulações que freiam ou retardam a queda. 

Mesmo que os fios caiam por completo, não é preciso se desesperar. Isso porque existe o transplante capilar, um procedimento muito mais simples do que se imagina. Ele certamente é a solução definitiva para uma calvície já instalada. Saiba mais sobre a cirurgia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *