Quais são os riscos de um implante capilar?

O transplante é um método eficaz para eliminar os primeiros sintomas da calvície. Hoje, as técnicas são muito avançadas e trazem resultados naturais e com cicatrizes imperceptíveis. Mas quais os riscos de um implante capilar? Há efeitos colaterais após o procedimento?

Um procedimento cirúrgico exige cuidados, senão pode trazer problemas. Neste post, você vai entender quais os riscos de um implante capilar. Confira:

Quais os riscos de um implante capilar?

Os riscos de uma rejeição por parte de um transplante capilar são praticamente nulos, já que os folículos capilares reimplantados serão retirados do corpo do próprio paciente. Além disso, independentemente da técnica, o procedimento é minimamente invasivo e deixa cicatrizes discretas ou imperceptíveis. 

Outra complicação é que o resultado não seja tão bom quanto esperado, ou seja, que os folículos não voltem a desenvolver fios na região receptora. É por isso que, antes de escolher o local, é preciso fazer uma boa pesquisa.

Uma boa equipe vai examinar todas as unidades capilares retiradas e descartar as que não estão saudáveis. Então, na hora do transplante, as chances de sucesso são muito maiores.

Mas um procedimento cirúrgico necessita de cuidados pré e pós-operatórios. Além de seguir à risca as recomendações do seu médico, você deve:

Cuidados pré-operatórios

Antes de tudo, o especialista vai solicitar exames laboratoriais para confirmar se o paciente está em condições de passar pela cirurgia.

Além disso, é preciso evitar quaisquer substâncias que possam interferir na coagulação sanguínea. Portanto, dias antes do implante capilar, não faça uso de álcool, cigarro, drogas, minoxidil, anti-inflamatórios, antialérgicos e anticoagulantes.

Um dia antes da operação, o paciente deve comparecer ao consultório para tirar fotos e fazer a demarcação da área que será coberta pelos fios transplantados. Se você tinge os fios, faça-o até três dias antes do procedimento, pois só poderá retocá-los após 3 semanas.

No dia do procedimento, tome um café leve, não faça exercícios físicos, não aplique gel ou creme no cabelo e vá com um acompanhante. Se isto não for possível, peça para alguém ou algum táxi buscá-lo.

Cuidados pós-operatórios

Os riscos maiores são com infecções e cicatrizações. Portanto, você precisa manter a higiene local e evitar possíveis agressões à região. 

Durante o banho, retire o curativo da cabeça e lave a região com cuidado, sem esfregar. Pode usar xampu, com água morna ou fria. Durante a primeira semana, não esfregue áreas doadoras ou receptoras.

Riscos de um implante capilar no pós-operatório

Por ser minimamente invasivo, o transplante capilar raramente causa efeitos colaterais. No entanto, podem aparecer hematomas, edemas, coceira e formação de feridas — mas nada grave ou irreversível. As crostas por cima dos novos folículos são quase inevitáveis, mas são apenas resultado do processo de cicatrização. 

Outro efeito do pós-operatório é a hipersensibilidade local, que ocorre quando a raiz dos folículos é mais profunda e exige o uso de um puncher maior para sua retirada. Mas o problema costuma ser resolvido com o uso de analgésicos. 

Entendeu quais são os riscos de um implante capilar? Como visto, são poucos, raros e reversíveis. Mas antes de procurar a solução, é preciso entender o problema. Conheça os primeiros sintomas da calvície!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *