Pós-operatório do implante capilar: podem ocorrer complicações?

Você finalmente realizou o tão sonhado transplante capilar e está ansioso para desfilar com o seu novo visual, não é mesmo? Essas expectativas são completamente naturais, mas o pós-operatório do implante capilar (ou transplante) requer cuidados essenciais para o completo sucesso do procedimento. Sem eles, eventuais complicações podem ocorrer e comprometer sua saúde e segurança. 

Por isso, reunimos neste artigo os cuidados fundamentais a serem tomados logo após a cirurgia e, assim, evitar o prolongamento da sua recuperação. Não perca!

Pós-operatório do implante capilar; cuidados essenciais nos primeiros dias

O pós-operatório do implante capilar é relativamente simples se comparado a outras cirurgias. Ainda que meticuloso e delicado, o procedimento é pouco invasivo e você volta para a casa no mesmo dia em que ele é feito. Os cuidados que o precedem, no entanto, são fundamentais para garantir o completo sucesso do transplante.

Por exemplo, você retornou ao médico para retirar o curativo e realizar a primeira lavagem da cabeça pós-cirurgia. Neste momento, o cirurgião deve passar todas as orientações de como você deve proceder para fazer essa higienização em casa, entre outras recomendações importantes. É fundamental que você siga o que for passado na sua consulta de retorno. No geral, os cuidados principais que devem ser seguidos nos primeiros dias são:

  • Faça refeições leves, com alimentos que contenham pouca gordura e sal. Sopas são excelentes aliadas pelo menos nos três primeiros dias após a cirurgia.
  • Durma de barriga para cima, na posição semi-sentado. Além disso, enrole uma toalha de modo que, ao deitar-se, ela fique na nuca, evitando o apoio direto do travesseiro nos pontos.
  • Troque a fronha do travesseiro todos os dias
  • Aplique compressas frias na região da testa para diminuir o inchaço. Mas atenção, nunca coloque diretamente no local dos pontos.

Esses são alguns dos cuidados gerais, mas cada caso é específico e singular. Por isso a importância de atentar-se às recomendações do seu médico.

Ainda que raras, algumas complicações podem ocorrer. Mas afinal, quais são elas?

Logo após a cirurgia é muito importante ficar atento a eventuais anormalidades no local do transplante. 

Foliculites – Em alguns casos, podem aparecer foliculites na região cirurgiada. Elas se assemelham a pelos encravados e/ou espinhas, que podem levar ao crescimento de pequenos cistos. Não chega a ser um quadro inflamatório, mas é preciso cuidar rapidamente dos sintomas utilizando antissépticos tópicos. 

Vermelhidão e coceira – Em alguns pacientes, também é observada vermelhidão e coceira. São sintomas tecnicamente normais depois de qualquer cirurgia, mas se esse quadro persistir de maneira intensa, o cirurgião deve ser consultado. 

Sangramento –  Não é comum, mas se ocorrer, o próprio paciente pode fazer uma leve pressão no local para conter o sangramento.  

De maneira geral, os riscos de um transplante capilar são realmente muito baixos, ainda que seja um procedimento cirúrgico como qualquer outro. O que vai garantir mais segurança ao paciente é a experiência dos profissionais e da clínica escolhida para a cirurgia. 

E claro, o próprio paciente tem uma responsabilidade fundamental no cumprimento das recomendações médicas antes e depois do transplante.

Gostou do conteúdo e quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe a Favano em nossa página no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *