Couro cabeludo: como cuidar corretamente

Quando falamos de cabelo, há muita preocupação com o comprimento e pontas. Cortar regularmente e usar bons produtos são cuidados de praxe, mas costumamos ignorar uma parte muito importante: o couro cabeludo.

Responsável por permitir que o cabelo tenha passagem para se desenvolver, o couro cabeludo precisa estar saudável para que os fios também estejam. Afinal, sem uma base firme e sadia, o conjunto não se sustenta.

Neste texto, você vai conhecer alguns cuidados necessários para o couro cabeludo!

4 cuidados para ter com seu couro cabeludo

Veja como manter a região mais saudável:

1. Esfregue com as pontas dos dedos

Uma mania muito comum entre quem lava os fios é usar as unhas para esfregar o xampu e remover a sujeira. Apesar de parecer que está limpando mais, o efeito é pior: você acaba machucando o couro cabeludo. E para quem lava a cabeça todos os dias, esse tipo de movimento acaba sendo mais danoso. Afinal, é uma “agressão” diária que a região sofre.

Para fazer a limpeza corretamente, esfregue o xampu usando as pontas dos dedos e com movimentos circulares. O xampu é uma substância detergente, portanto não precisa de muito esforço para limpar o couro cabeludo. Além disso, a movimentação estimula a circulação sanguínea, levando mais nutrientes para os folículos capilares, o que permite um crescimento mais saudável dos fios.

2. Não use água quente para lavar os fios

A água quente pode ser muito relaxante, mas prejudica consideravelmente a saúde da pele do corpo todo. No couro cabeludo, ela estimula a produção de sebo e obstrui os poros, dando a impressão de que seu cabelo está sujo (mesmo que tenha sido lavado há 10 minutos). 

O ideal é que o banho seja sempre em água fria ou morna. Já nos dias mais gelados, tente lavar os fios na temperatura mais morna. Uma sugestão é tomar o banho no chuveiro e lavar o cabelo no lavatório, que costuma jorrar água mais fresca.

3. Não deixe resíduos no couro cabeludo

O couro cabeludo precisa estar sempre limpo. Para quem tem raiz oleosa, por exemplo, essa lavagem precisa ser diária; já para a seca, esse espaçamento pode ser maior.

No entanto, o cuidado não deve parar por aí.

Condicionadores, máscaras, géis, leave-ins e cremes de pentear não devem ser aplicados na região — a não ser que sejam específicos para isso. Esse material acaba se acumulando, atraindo micro-organismos, entupindo os folículos e impossibilitando a renovação dos fios após a queda. Então, no final das contas, a limpeza que você fez acaba não adiantando. 

4. Proteja o couro cabeludo do calor

Se secador, chapinha e radiação solar já fazem mal aos fios, imagine à pele. Lembre-se de que o cabelo é matéria morta. Ele reflete sua saúde, mas não tem um impacto direto nela. Já o couro cabeludo é uma região viva e que precisa ser protegida.

  • chapinha: jamais deve encostar na pele. Tome distância de, pelo menos, 1,5 cm da região. O ideal é que você utilize a chapinha o menos possível, já que ela é uma agressão ao fio;
  • secador: deve ficar a 30 centímetros de distância, no mínimo;
  • radiação solar: quando sair ao sol, procure usar bonés ou chapéus. Quando estiver à sombra, tire a proteção para não deixar a região abafada.

Pronto para proteger seu couro cabeludo? E para continuar no assunto beleza, confira agora como disfarçar calvície usando hena!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *