Como prevenir a calvície masculina

A calvície masculina é um problema que afeta cerca de 42 milhões de brasileiros, segundo dados da Sociedade Brasileira do Cabelo. A condição, inclusive, pode se apresentar devido a fatores genéticos, hormonais, emocionais, além de maus hábitos de saúde. Também conhecida como alopecia, a queda de cabelo afeta mais de 50% da população masculina com mais de 50 anos. Diante desses dados, as perguntas que ficam são: Quais são as causas da calvície? Ela tem cura? Como prevenir a calvície masculina?  

As respostas para essas e outras perguntas, você encontra neste artigo. Portanto, boa leitura! 

Causas da calvície

Em termos técnicos, a alopecia androgenética (calvície) ocorre quando a enzima 5-alfarredutase entra em contato com a testosterona e a converte em di-hidrotestosterona (DHT), uma versão bem mais potente. O DHT, então, entra em contato com folículos pilosos, que têm o código genético para a calvície (receptores do hormônio em suas raízes), atrapalha a chegada de nutrientes e enfraquece a produção de fios. 

O fator genético, porém, não é o único causador deste mal. Isso porque, uma alimentação desregrada, falta de higiene e estresse, também podem levar à queda excessiva dos fios. Além disso, grandes traumas e determinadas doenças são decisivas para o quadro. Saiba mais. 

A queda capilar e as famosas “entradas” são os principais sinais de que a calvície pode estar se instalando. De modo geral, ela tem início na parte frontoparietal, mas também pode acometer a região superior da cabeça (vértex ou coroa). A condição, em sua maioria, aparece em homens jovens, a partir dos 17 anos, causada pela alopecia androgenética. 

Calvície tem cura?

Infelizmente, não há estudos conclusivos sobre a cura da calvície. Porém, existem tratamentos que podem frear a queda, fazendo com que os fios permaneçam por mais tempo no couro cabeludo. Procurar por um especialista logo no início do processo, também pode contribuir, e muito, para um tratamento com resultados mais satisfatórios. 

Em linhas gerais, o uso de medicamentos tópicos ou orais pode ser considerado, mas essa indicação somente um médico poderá fazer após uma série de exames e avaliações. 

Mas afinal, como prevenir a calvície masculina

Para descobrir como prevenir a calvície masculina não são necessários grandes sacrifícios. Isso porque nosso organismo depende de bons hábitos para se manter em funcionamento. Portanto, aposte numa alimentação saudável, evitando alimentos calóricos e industrializados; evite fazer uso do cigarro e beber álcool em excesso; pratique atividade física; durma pelo menos 7 horas; e seque bem os cabelos antes de se deitar. 

Deste modo, com atitudes simples, você favorece não apenas para a saúde dos fios como para todo o organismo.  

Agora, se os cabelos estiverem caindo mais rápido e em maior quantidade, se o couro cabeludo estiver vermelho, coçando ou com ardência e se os fios estão muito oleosos ou com muita caspa, procure sempre um especialista. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *